Registe-se grátis
Nome País
Apelidos Código Postal
E-mail Profissão
Palavra-chave
Repetir palavra-chave
Especialidade
   
Enviar dados significa que está de acordo com a Política de Privacidade de SIMPOSIUM/UBM Medica Portugal e que foi devidamente informado.
Reenviar a palavra-passe!
  • Introduza o endereço de e-mail com que se registou em Simposium.pt, e enviaremos de imediato uma nova palavra-passe.
   
    
    


BIALZEPAM Retard


Cáps. libert. prol. 10 mg

  1. Dados Gerais
  2. Monografia
  3. Interacções
  4. Equivalências Internacionais
  5. Representante



<div class="divmono"><div class="divmonotitle">Diazepam</div><div id="divindicacao"><div class="divtitledci"><a id="anchorindicacao" class="titledci">Indicações</a></div><div class="contentdci">Tratamento de estados ansiosos graves e da insónia. Sedativo. Adjuvante da anestesia. Relaxamento muscular. Anticonvulsivante. Síndrome de abstinência.</div></div><div id="divcontraindicacao"><div class="divtitledci"><a id="anchorcontraindicacao" class="titledci">Contraindicações</a></div><div class="contentdci">Hipersensibilidade ao Diazepam ou às benzodiazepinas. Miastenia gravis. Síndroma de apneia do sono. Insuficiência hepática grave. Insuficiência respiratória grave. Glaucoma. Porfiria. Gravidez e amamentação.</div></div><div id="divadvertencias"><div class="divtitledci"><a id="anchoradvertencias" class="titledci">Advertências e Precauções</a></div><div class="contentdci">Pode desenvolver-se tolerância, diminuição de eficácia do efeito hipnótico das benzodiazepinas, após o uso repetido ao longo de poucas semanas. O uso de benzodiazepinas pode levar ao desenvolvimento de dependência física e psíquica, evitar a interrupção brusca do tratamento pois pode desenvolver-se nestes casos síndrome de privação. Insónia rebound e ansiedade: um síndroma transitório no qual os sintomas que levaram ao tratamento com benzodiazepinas regressam mas de forma intensificada, podendo ocorrer aquando da descontinuação do medicamento. As benzodiazepinas podem induzir amnésia anterógrada, para reduzir este risco os doentes devem assegurar um sono ininterrupto de 7 a 8 horas. Podem ocorrer reações psiquiátricas paradoxais, mais frequentes em idosos e crianças, deve interromper-se o tratamento. As benzodiazepinas não estão recomendadas no tratamento de primeira linha da doença psicótica. As benzodiazepinas não devem ser usadas isoladamente no tratamento da depressão ou da ansiedade associada à depressão (poderá desencadear o suicídio). As benzodiazepinas devem ser usadas com extrema precaução em doentes com história de alcoolismo ou toxicodependência.</div></div><div id="divinteracoesmedicamento"><div class="divtitledci"><a id="anchorinteracoesmedicamento" class="titledci">Interações Medicamentosas</a></div><div class="contentdci">Não é recomendada a associação com outros depressores do SNC (barbitúricos, analgésicos de ação central, etc.) devido à possibilidade de potenciação de efeito. Pode ocorrer uma intensificação do efeito depressor, na associação com antipsicóticos (neurolépticos), hipnóticos, ansiolíticos/sedativos, fármacos antidepressivos, analgésicos narcóticos, fármacos antiepilépticos, anestésicos e anti-histamínicos sedativos. No caso de analgésicos narcóticos, pode ocorrer a intensificação da euforia, provocando um aumento da dependência psíquica. A coadministração com cimetidina, cetoconazole, fluvoxamina, fluoxetina e omeprazole, pode intensificar a atividade das benzodiazepinas, provocando uma sedação prolongada e intensa, devido à inibição das enzimas hepáticas CYP3A e/ou de CYP2C19. A cisaprida pode produzir um aumento temporário do efeito sedativo das benzodiazepinas administradas oralmente, porque acelera a sua absorção.</div></div><div id="divinteracoesalimento"><div class="divtitledci"><a id="anchorinteracoesalimento" class="titledci">Interações com Alimentos</a></div><div class="contentdci"><div><u>Álcool</u> - Potenciação do efeito: O consumo de álcool pode aumentar o efeito sedativo.</div><div><u>Alimentos</u> - Não tem interação</div><div><u>Leite</u> - Não tem interação</div><div><u>Sumos</u> - Não tem interação</div></div></div><div id="divefeitosindesejaveis"><div class="divtitledci"><a id="anchorefeitosindesejaveis" class="titledci">Efeitos Indesejáveis</a></div><div class="contentdci">Doenças do sistema nervoso: Ataxia, disartria, fala indistinta, cefaleias, tremor, tonturas,amnésia anterógrada. Perturbações do foro psiquiátrico: reações paradoxais como inquietação, agitação, irritabilidade, agressividade, delírio, ataques de raiva, pesadelos, alucinações, psicoses, comportamento inapropriado e outros efeitos comportamentais adversos; confusão, adormecimento das emoções, estado de vigília diminuído, depressão, líbido aumentada ou diminuída; dependência física. Complicações de intervenções relacionadas com lesões e intoxicações: um risco aumentado de quedas e fracturas tem sido registado em idosos utilizadores de benzodiazepinas. Doenças gastrointestinais: Náuseas, boca seca ou hipersalivação, obstipação e outras perturbações gastrointestinais. Afeções oculares: Diplopia, visão turva. Vasculopatias: Hipotensão, depressão circulatória. Exames complementares de diagnóstico: Frequência cardíaca irregular e, muito raramente, transaminases aumentadas e fosfatase alcalina sanguínea aumentada. Doenças renais e urinárias: Incontinência, retenção urinária. Afeções dos tecidos cutâneos e subcutâneos: Reações cutâneas. Afeções do ouvido e do labirinto: Vertigens. Cardiopatias: Insuficiência cardíaca, incluindo paragem cardíaca. Doenças respiratórias, torácicas e do mediastino: Depressão respiratória, incluindo insuficiência respiratória.</div></div><div id="divbibliografia"><div class="divtitledci"><a id="anchorbibliografia" class="titledci">Bibliografia</a></div><div class="contentdci">RCM Diazepam Lapesfal 01/02/05; RCM Metamidol Suspensão oral 15/09/2004; RCM Stesolid (março 2002); RCM Unisedil 15-11-2006; RCM Valium 06-12-2010; <i>Lista de Substâncias e Métodos Proibidos - Código Mundial Antidopagem.</i> WADA - Conferência de Partes da Convenção Internacional contra a Dopagem no Desporto da UNESCO em 14/11/2012 e pelo Grupo de Monitorização da Convenção Contra a Dopagem do Conselho da Europa. 2013;</div></div></div>



Publicidade Institucional



© Simposium Digital Healthcare   |  Campo Grande, 56 - 9º A | 1700-093 Lisboa  |  Tel. 21 799 07 60